Liv 1

Traduçao Symphonies of Liv Kristine (https://www.facebook.com/SymphoniesLivKristine/)

EMPIRE: Antes de tudo, a coisa mais importante é saber como você está e como você se sente neste momento.
LIV KRISTINE:
Obrigada! Estou muito feliz e aliviada, já que minha vida diária tomou uma nova direção e tenho sentimentos positivos sobre minha própria situação. Não vou negar que passei por alguns meses muito difíceis, que ano! Estive ocupada procurando uma nova casa e com diferentes empregos temporários para ir em frente financeiramente após deixar Leaves’ Eyes. E também têm sido vital para mim, encontrar-me e aceitar o que tinha acontecido no passado.
A vida é um processo de aprendizagem sem fim. Experiência é tudo com o coração cheio de amor. Tentei definir “amor” e “paixão” pela experiência e estou muito grata por esta nova oportunidade. Em minha opinião e por minha própria experiência, você se sente vivo quando você sente amor verdadeiro e honesto. Agora eu estou vivendo muito com o meu filho e todas as pessoas especiais e maravilhosas ao meu redor. Quero agradecer a todos os fãs por seu constante encorajamento, sua força constante e por serem um trampolim para mim.

EMPIRE: Como é a sua nova vida em seu novo apartamento? Como estão Leon e Laika?
LIV KRISTINE:
Depois de alguns meses de pesquisa, encontramos um pequeno e aconchegante lugar onde estamos de aluguel. Nós três somos felizes aqui e os proprietários são pessoas adoráveis. Eu me senti muito bem reformando nossa nova casa e iluminando todas as minhas ideias. Cada manhã corro pelas vinhas e perto de casa tem uma loja de doces, um bar de vinhos e uma padaria. Nós temos tudo que precisamos, acima de tudo paz. É muito bom compartilhar esse processo com todos os meus fãs de todo o mundo.

EMPIRE: O que você pensou, quando Mastersound Entertainment, publicou os documentos privados da banda no Facebook?
LIV KRISTINE:
Realmente eu não gostei. Qual era o significado disso? Primeiramente, me pareceu muito pouco profissional publicar todo um protocolo da banda que eu nunca tinha visto. Nem esta carta dizendo toda a verdade está firmada por mim. O que diabos acontece? Isso é propriedade da banda, não de todo o resto do mundo. Sim, isso realmente dói. Nunca pensei que os membros da minha ex-banda encontrassem razões para falar de mim e da minha vida privada em entrevistas e depois publicar toda essa merda na página de Leaves ‘Eyes. Isso não deixa a situação da banda e da sua nova vocalista melhor. Para mim foi um choque. Pergunto-me por que não me atacam no privado. O mais importante é a segurança de meu filho e por ele me incomoda tanto.
Eu me afastei da imprensa durante alguns meses e está é a minha primeira entrevista desde a minha desintegração pessoal e profissional desde o começo deste ano. O Leaves’ Eyes deveria se concentrar em sua carreira e serem profissionais, ao invés de serem destrutivos. Eu só tinha que parar, o melhor caminho é ignorar o negativo, aceitar o passado e se concentrar no positivo. Eu gosto da música do Leaves’ Eyes, tudo que uma vez fizemos juntos, no entanto, evolui e não tomo más influências. Isso é o que eu posso dizer a qualquer cantor que seja substituto de alguém que estava antes.

Liv 7

EMPIRE: O que você acha sobre a reação dos seus fãs nestas semanas de crise e confusão? Mesmo alguns deles foram bloqueados do perfil de Facebook de Leaves’ Eyes.
LIV KRISTINE:
Esta situação poderia ter sido lidada de uma forma mais profissional. Primeira regra: não publique documentos privados de uma banda sem assinatura do protocolo em todas as suas páginas, se você quiser manter a calma e agir pacificamente com o mundo (os fãs) em torno de você.

EMPIRE: Vamos mudar de assunto, recentemente, você tem tocado com Eluveitie como convidada especial, como foi à experiência? Você vai voltar a cantar com eles? É possível para você se tornar um membro permanente do Eluveitie?
LIV KRISTINE:
Cantar com Eluveitie tem sido divertido! Eles são encantadores e nós nos divertimos um monte. Não falamos sobre eu fazer parte da banda permanentemente, eu sou apenas a cantora convidada e uma boa amiga da banda e eu aprecio muito esta oportunidade. Foi incrível voltar ao palco novamente e encontrar novamente muitos fãs e pessoas da indústria na estrada.

EMPIRE: Como você se sentiu tocando com outra banda que não era sua e que não era a artista principal? Você sente mais ou menos pressão?
LIV KRISTINE:
Você sente menos pressão porque você tem menos obrigações de tomar cuidado com o que os outros fazem. Você tem que estar pronta para sessões de autógrafos, preparar as canções e ser a convidada especial da banda. Eu realmente gostei dos shows, eu pude beber após as performances, compartilhei experiências e bons momentos com os componentes do Eluveitie. Pessoas adoráveis e música de qualidade!

EMPIRE: Você tem feito colaborações recentemente com Hortus Animae, Tanzwut, Primal Fear, Eden’s Curse e Akoma. Esta é uma maneira de continuar a trabalhar sem a pressão de ser a sua própria música?
LIV KRISTINE:
Devo reconhecer que realmente gosto dessas parcerias especiais e abre novas possibilidades de conexões positivas e criativas. A minha última contribuição é o dueto “Uncondicional” com Eden’s Curse, meus amigos escoceses. Eu amo essa música, que já está disponível online. Além disso, na minha recente visita a Berlim tomei uma xícara de café com Teufel. Eu adoraria colaborar com Tanzwut no futuro e tivemos ideias muito interessantes e criativas no café que bebemos ontem. “Stille Wasser” tem sido muito bem recebido pelos fãs.

Liv 4

EMPIRE: Na semana que vem você vai se apresentar no Metal Female Voices Fest (MFVF) na Bélgica, e eu sei que é muito especial para você, porque eu acho que você atuou lá a nove edições. O que podemos esperar do seu show e seu setlist? Será o mesmo que sua última turnê europeia ou haverá novidades?
LIV KRISTINE:
Eu estou ansiosa para esse dia, porque é o meu primeiro show desde a minha última performance com Leaves ‘Eyes em Israel no dia do meu aniversário. Para mim será um grande alívio me reconectar com os meus fãs, ao vivo! Minha banda solo está ensaiando na Holanda e estou ansiosa para voltar no palco novamente!

EMPIRE: O que você pode-me dizer sobre os músicos que irão acompanhá-la no MFVF? Tommy Olson estará com você? Falei recentemente com Vic Anselmo e ela me disse que estava ansiosa para tocar com você, ela estará no MFVF?
LIV KRISTINE:
A banda que vai estar comigo no palco é a minha banda solo, além de Raymond que estará participando das músicas do Theatre of Tragedy. Tommy está ocupado em seu estúdio na Noruega e temos que ir em frente com a próxima produção, estou desejando lançar meu próximo álbum.

EMPIRE: No Metal Female Voices Fest você irá tocar com Savn, como estão indo os ensaios? Vocês tocaram “I’m free” ou estão preparando algo mais?
LIV KRISTINE:
Eu vou estar no palco com Savn apenas para uma canção, isso é tudo que está planejado, e será algo mágico para mim estar com a minha irmã Carmen no palco, já que faz muito tempo desde a última vez.

EMPIRE: Quando você foi expulsa do Theatre of Tragedy, fundou Leaves ‘Eyes. Isso quer dizer que sua carreira esteve sempre em níveis muito elevados. O que podemos esperar agora? Talvez uma nova banda com novos músicos ou talvez uma carreira solo sob o seu próprio nome como Doro, Tarja Turunen, Anneke Van Giersbergen, Kari Rueslatten ob Vic Anselmo?
LIV KRISTINE:
Definitivamente, vou continuar a minha carreira como Liv Kristine. Eu não quero mudar meu nome para um projeto ou uma nova banda. Estou muito feliz que minha banda solo existiu por todo esse tempo. O lançamento contínuo de álbuns foi muito importante para o meu desenvolvimento pessoal e artístico. Ler as letras das canções e álbuns que fiz no passado me faz olhar com novos olhos todo o meu desenvolvimento e minha expressão artística me leva a refletir sobre questões pessoais.

Liv 8

EMPIRE: Uma pergunta que muitos fãs fazem agora: Existe alguma possibilidade para a reunião de Theatre of Tragedy?
LIV KRISTINE:
Não. Não há mais Theatre of Tragedy, somente Raymond como meu convidado especial nos meus shows solo.

EMPIRE: Eu sei que você passou alguns meses muito difíceis, mas também você viajou para Navarra (Espanha), que tem sido uma fonte de energia para que você possa ter a sua completa recuperação, certo?
LIV KRISTINE:
Estas semanas têm sido vitais para mim e eu gosto que você mencione sobre isso. Foram dias para recuperar as forças, porque eu me sentia completamente vazia e impotente depois de tudo o que aconteceu na primavera deste ano. Em Navarra, meu filho e eu encontramos pessoas fantásticas e maravilhosas, fizemos uma parte do Caminho de Santiago e subimos nos Pirineos. Eu adoro, também, o país Basco, é impressionante.
Leon e eu tivemos que deixar a Alemanha e ficar longe de tudo aquilo por um tempo. Estou profundamente grata aos meus amigos espanhóis que nos convidaram e estavam ali com a gente. Me sentia muito bem em ir para a aula de yoga quase todos os dias, fazer esportes sempre que era possível, comer, beber e falar, falar e falar até anoitecer. Quando voltei, me senti uma nova “Liv”. Desde então, minha vida tomou um novo rumo, um caminho incrível. O que tenho agora com a minha pequena família e meus amigos é o que eu quero e isso é para sempre. Eu realmente gosto de minha vida e eu me sinto mais inteligente, mais forte, com mais vitalidade, sim, eu me vejo refletida em tudo isso, eu sinto o amor e felicidade, e a vida sorri para mim!

EMPIRE: Andrés Montes, um jornalista desportivo espanhol, sempre disse que “a vida pode ser maravilhosa”. Qual é o seu lema da vida?
LIV KRISTINE:
A vida é o que você faz. Aproveite cada momento dela!

EMPIRE: Qualquer coisa que você deseja acrescentar para seus fãs ao redor do mundo e os amigos?
LIV KRISTINE:
Eu gostaria de compartilhar minha gratidão, criatividade e espiritualidade com todos vocês que são o que me move e tem sido minha inspiração para todos estes anos, e especialmente nos últimos meses. E obrigado a você, meu amigo, por esta entrevista.